Artigos - Autosuficiência pelas nossas próprias contribuições

Gratidão = Responsabilidade

Responsabilidade dos Grupos na manutenção de todos os serviços de A. A.

POR QUE...

De acordo com a Sétima Tradição, todos os Grupos de A. A. deverão ser absolutamente autossuficientes, rejeitando quaisquer doações de fora.

Em A. A., cada Grupo é realmente parte de uma estrutura mais ampla, que procura levar sua mensagem aos que ainda sofrem de alcoolismo e não sabem haver uma saída.

Todas essas partes, em cada nível da Estrutura de Serviços, são formadas e expressam a consciência coletiva de seus membros, individualmente. Para serem "absolutamente autossuficientes", requerem um compromisso da parte de cada membro para sustentar, através de seu Grupo de origem, os serviços fornecidos pela Central ou Intergrupal local, pela Área ou pelo ESG (Escritório de Serviços Gerais), para que esses órgãos de serviços possam continuar levando a mensagem de A. A. para além dos Grupos.

Enfim, é seu compromisso individual manter esses serviços essenciais através de suas contribuições, assegurando que:

* A comunidade externa saiba da existência de A. A.
* Recém-chegados obtenham literatura
* Ligações telefônicas possam ser atendidas
* Profissionais obtenham informações sobre A. A.
* AAs solitários recebam cartas
* Alcoólicos desesperados encontrem esperança de solução.

COMO...

Para manter os serviços essenciais de A. A., o Manual de Serviços de A. A. orienta que os Grupos adotem um plano específico de contribuições 
(60 -25 -15).

Esse compromisso pode funcionar da seguinte maneira:

1. Primeiro, cuide das despesas básicas do Grupo (aluguel, água, luz, café, literatura etc. e uma reserva prudente para garantir esses compromissos).

2. O Grupo participará também das despesas do Distrito.

3. O saldo restante será remetido à Central ou Intergrupal, que reterá 60% para seu uso próprio, repassando 25% daquela quantia para o Comitê de Área e 15% para o ESG.

(Obs.: Esse é o plano adotado atualmente em nível nacional. Entretanto, cada Grupo poderá usar de critérios próprios, de acordo com sua consciência coletiva.)

4. Um plano de contribuição regular poderá ser conveniente para todos.

* FONTE: LIVRETE AUTOSUFICIÊNCIA PELAS NOSSAS PRÓPRIAS CONTRIBUIÇÕES