Artigos - Conceito e Tradição

A vida de cada indivíduo e de cada Grupo é construída ao redor dos nossos Doze Passos e Doze Tradições.Sabemos muito bem que a punição para a desobediência sistemática desses princípios é a morte do indivíduo e a dissolução do Grupo. 1º Conceito para Serviços Mundiais.

A menos que cada um dos membros de A.A. siga na medida das suas possibilidades os nossos Doze Passos indicados para a recuperação, ele estará quase que inapelavelmente assinando a sua própria sentença de morte. Sua embriaguez e desintegração não são penalidades impostas por pessoas com autoridade: resultam da sua desobediência pessoal aos princípios espirituais.A mesma rigorosa ameaça prevalece com relação ao grupo propriamente dito. Não havendo uma boa aceitação das Doze Tradições de A.A., o grupo pode também deteriorar-se e morrer. Assim sendo, nós de A.A. obedecemos a princípios espirituais, primeiramente porque é preciso e em segundo lugar porque acabamos gostando do
tipo de vida que tal obediência acarreta. Grande sofrimento e grande amor são disciplinadores de A.A.; não precisamos de quaisquer outros.9ª Tradição.