DP - Doença

Da "doença" do alcoolismo ativo ou beberagem desordenada, realmente estou liberto ou "recuperado" (na expressão que te incomoda) desde quando há umas quatro décadas adentrei e me acomodei, permanecendo numa sala de Alcoólicos Anônimos. Rapidinho, isto é, alguns anos mais tarde e em lá ou cá permanecendo, descobri que o maior de meus problemas (embora fosse o que me trouxera a princípio aos AAs) não era o alcoolismo; mas eu próprio; descobrindo até que mais esta espécie de transtorno do comportamento humano que me afetava e afeta ainda (porque há resquícios permanentes dele) tinha em tudo e muito haver com meu jeito meio que idiossincrático - esquisito - de ser!...

Enfim, aquele bêbado que eu era, se e desquer eu o mantenha intocável, inalterado, imutável, aquele bebe e beberá de novo; mas este sujeito que hoje vive e sobrevive às intempéries do alcoolismo graças ao conhecimento adquirido nos e pelos movimentos anônimos de autoajuda; mercê de Deus!... Este não mais beberá.!...

Eis porque estou sempre e estarei, enquanto "vivo" eu for (já que se virar "trouxa" me lascarei de novo, nas "bebericagens" imoderadas!), em permanente, decidido e decisivo processo diário de recuperação!..

Eis porque não estou "sarado," apenas "curado" ou meio que "apurado" em AA, nessas coisas de alcoolismos...