DP - Hoje evitei o primeiro gole!

"Evitei julgar as pessoas, culpá-las pelos meus erros; evitei atacar meu semelhante, evitei a inveja, a ira e o ressentimento' .

Com alguns meses de abstinência parecia que a sanidade voltaria e os problemas estariam resolvidos. Viver sem ressacas, porres e vexames já era uma verdadeira resolução, mas a frequência às reuniões parecia me trazer algo mais.

E trouxe. Vi que cada um dos companheiros possui no mínimo um defeito meu. De tão doente cheguei a achar que os defeitos eram deles.

Eu, arrasado emocionalmente, tanto quanto fisicamente não podia modificar, não tinha coragem pra modificar as que podia e muito menos sabedoria para distinguir coisa alguma.

Os sete pecados capitais eram pra mim um livro de auto-ajuda, coisas e lugares onde sempre busquei prazer, acreditando que a felicidade era a soma de prazeres.

Se os dez mandamentos fizessem parte do código penal, eu seria condenado à mais severa das penas.

Minha arrogância, auto-piedade e intolerância seriam cômicas não fossem trágicas. Minha humildade era uma máscara que caia a cada passo dado e revelava todo o orgulho que eu tentava esconder. Inseguro, complexado, invejoso, seguia atacando a tudo e a todos.

No ,meio desse turbilhão, incomodei companheiros, outros riram se lembrando dos seus primeiros passos no programa e outros viram em minha vontade de aparecer, um grito de socorro.

Passei a refletir sobre tudo o que vinha passando e aceitei a ajuda oferecida. Repeti inúmeras vezes a Oração da Serenidade como faço hoje, desejando só por hoje ter serenidade, coragem e humildade.

Parei de culpar os outros pela minha dor e assumi a responsabilidade pela minha recuperação.

A.A. me mostrou que tenho tudo pra ser feliz e que posso conseguir mais.

Hoje evitei o primeiro gole, evitei julgar as pessoas, culpá-las pelos meus erros; evitei atacar meu semelhante, evitei a inveja, a ira e o ressentimento.

Quando me sinto abatido tenho inúmeras opções pra retornar ao meu caminho rumo à serenidade. Tenho as reuniões presenciais, as virtuais, os telefones dos companheiros, seus endereços eletrônicos, a literatura, 36 princípios, três legados e ótimos lemas pra cada dia me tornar um ser humano um pouquinho melhor.

Ao procurar A.A. eu só queria resolver meu problema com a bebida, mas a Irmandade me ofereceu mais, muito mais.

Só por hoje!

Edição 103 - Setembro / Outubro 2006