Artigos - O "NÃO" em A.A.

Nossa PRIMERA Tradição DIZ TEXTUALMENTE

"...As Doze Tradições, que asseguram a unidade de Alcoólicos Anônimos, não contém um só "Não faça". Elas não se cansam de repetir "Devemos", mas nunca "você tem que".
Esta página, de um membro de A.A., é uma idéia que procura demonstrar que o "NÃO" é admissível em Alcoólicos Anônimos.

 Essa admissão não é calcada pela literatura ou pelos companheiros, e sim, pela responsabilidade que deve ser cultuada no âmago de cada membro de A.A.
O "NÃO" - partícula de realce - já é bem comum em A.A.: "Sou um alcoólico que - graças ao Poder Superior - hoje eu não bebi";
O "NÃO" - proibitivo - comprovadamente, não é admissível;
O "NÃO" - sugestivo - se atingir e surtir os efeitos desejados no caráter, na responsabilidade, na dignidade moral de um membro de A.A., o dignificará e, conseqüentemente, nossa Irmandade de Alcoólicos Anônimos terá sua verdadeira imagem exaltada e sua finalidade precípua alcançada: a recuperação de fato, da pessoa humana;
Vejamos algumas sugestões, além de outras que existem, que o "NÃO" (sugestivo), uma vez aceito edificará ainda mais nossa Irmandade:

NÃO espalhe a discórdia, pois pregamos a Unidade;
NÃO tente governar o grupo, respeite a consciência coletiva;
NÃO tente impor autoridade, um DEUS amantíssimo já O é;
NÃO coloque seu bem-estar pessoal, sua vaidade, em primeiro lugar;
NÃO tente organizar o Grupo a seu modo, organize-se com ele;
NÃO tente desviar o Grupo de sua finalidade básica;
NÃO use o Grupo, para conceituar-se, avalie a si mesmo;
NÃO negue sua ajuda ao Grupo, atente para a reciprocidade;

 
NÃO apregoe seus princípios, serão sempre inferiores e muito aquém dos princípios de A.A;
NÃO humilhe o bêbado, você já o foi e poderá tornar a sê-lo;
NÃO abandone o irmão recaído. Lembre-se você não está curado;
NÃO use supremacia sobre o ingressante, você foi o ingressante de ontem;
NÃO olhe desdém para seu companheiro mais humilde ou mais simples, pois é exatamente nele que repousa a grandeza do Grupo;
NÃO marginalize o pobre, o humilde ou o maltrapilho que procura o Grupo, pois você está recebendo um alcoólico;
NÃO endeuse o grande, o rico, o erudito que procure o Grupo, pois você está recebendo um alcoólico;
NÃO tente com atos, fatos ou atitudes irresponsáveis comprometer o bom nome do seu Grupo;
NÃO procure adaptar os Doze Passos à sua pessoa, adapte-se a eles;
NÃO pratique o "13º Passo", esse nefasto Passo tem comprometido moralmente a imagem do Grupo e até a nossa Irmandade;
NÃO se faça de "conquistador barato" dentro do Grupo, pois esta atitude poderá lhe custar caro;
NÃO use de falcatruas, de mentira ou de oportunismo dentro do Grupo, essas atitudes não são próprias de pessoas sóbrias;

NÃO dê maus exemplos de ordem moral ou material, pois eles serão sempre mais fáceis de serem imitados;
NÃO seja desonesto com seu Grupo, pois ele lhe foi extremamente honesto;
NÃO apregoe que o dinheiro é o básico no Grupo, pois, básicos são: o ingressante e sua pessoa para recebê-lo;
NÃO se aproveite das oportunidades de servir ao Grupo para servir-se;
NÃO se esqueça de que somente a DEUS deve o milagre da sua sobriedade, e, por conseqüência, sua própria existência. Agradeça-O sempre;

E, finalizando, duas fraternais sugestões em que o "NÃO" é insubstituível:

NÃO RECAIA;  e NÃO RETORNE AO PRIMEIRO GOLE.

(vivência nº25 Jul/Ago/Set 93)