Artigos - Precisamos divulgar o A.A.

Estou convencido de algumas coisas.

Primeira: o alcoolismo é a terceira doença que mais mata no mundo! Logo, é um de nossos maiores problemas sociais.

Segunda: a medicina tem-se revelado ineficaz no controle do alcoolismo; o mesmo posso afirmar com relação à Psiquiatria e Psicanálise.

Terceira: não existe; nem de perto, método mais eficaz para controlar a compulsão patológica do álcool, do que aquele desenvolvido pelos Alcoólicos Anônimos. A experiência dos últimos 50 anos é que atesta a verdade desta afirmação. Nada se compara a Os Doze Passos efetuados dentro do A.A. para não se voltar a beber. Os AlAnons e Alateens complementam ainda mais poderosamente a eficácia do A.A.

Quarta: por causa dessas convicções, torna-se fundamental divulgar as idéias e métodos de A.A. sobre alcoolismo, para um numero máximo de pessoas. Uma revista é mais uma maneira de divulgar essa tão importante Instituição. Saúdo, portanto, o lançamento da Revista Brasileira de Alcoólicos Anônimos, colocando-me inteiramente à sua disposição, dando-lhe autorização, inclusive, de publicar, o que lhe aprouver, de minha autoria.

Antes de concluir quero somente dizer o seguinte: considero o A.A. uma Instituição extradiordinariamente moderna, protótipo do que, espero, venha acontecer no século XXI: a sociedade, ela própria, cuidando de si mesma. Isso sem tutelas de Estado, políticos e interesses econômicos.

E o A.A. pra mim é isso!

Dr. Eduardo Mascarenhas
Rio de Janeiro, 23 / Out / 85
REVISTA BRASILEIRA DE ALCOÓLICOS ANÔNIMOS – ANO I – N°.0 – S. PAULO-SP-NOVEMBRO 1985 – página 2 (verso da capa)