Artigos - Prêmios e reconhecimentos ao A.A.

O PRÊMIO LASKER

Em 1951, o Prêmio Lasker foi atribuído aos Alcoólicos Anônimos. No respectivo diploma, lê-se o seguinte:

"A Associação Americana de Saúde Pública outorga o Prêmio Lasker para Grupos referentes a 1951 aos Alcoólicos Anônimos, em sinal de reconhecimento pela maneira singular e grandemente vitoriosa com que vem atacando esse problema sanitário e social velho como o tempo – o alcoolismo."

"Ao salientar-se o caráter de enfermidade do alcoolismo, o estigma social que acompanha tal condição está sendo eliminado".

"Os historiadores talvez reconheçam um dia que Alcoólicos Anônimos foi uma grande obra de desbravamento que produziu um novo instrumento de ação social; uma nova terapêutica baseada na irmandade resultante do sofrimento comum; terapêutica que encerra em si um vasto potencial para as miríades de outros males da humanidade".

O PRÊMIO CHAVE DE OURO

Apresentado ao A. A. em 1959. O Prêmio Chave de Ouro foi criado em 1959 pelo Conselho Nacional de Alcoolismo (agora conhecido como Conselho Nacional de Alcoolismo e Dependência de Drogas) para homenagear pessoas que fizeram contribuições relevantes para o campo do alcoolismo a nível nacional. Esta organização foi fundada por Marty M., que estava entre as primeiras mulheres a alcançarem a sobriedade permanente em A. A. Bill W. cofundador de A. A., recebeu o prêmio em nome da Sociedade.

O PRÊMIO FRANCISCANO

Em 1967, a ordem dos convencionais padres franciscanos e Irmãos, concedeu o Prêmio Franciscano aos Alcoólicos Anônimos, em reconhecimento a "contribuição excepcional que A. A. fez para a humanidade no campo de serviço social.". General Office Service uma carta para anunciar o prêmio lê, em parte: "Esperamos que a concessão do Prêmio Franciscano para a sociedade de Alcoólicos Anônimos será um impulso a todos os membros a continuar e aumentar a sua grande e muito trabalho necessário.". Este foi o segundo prêmio dos franciscanos concedido à irmandade. Reconhecendo que o primeiro prêmio, Bill W. escreve em janeiro de 1950: "Do ponto de vista A. A., um precedente interessante e útil foi estabelecida. Seremos capazes de dizer com confiança quando outros doadores colocados em uma aparição que faria tão bem, melhor ainda, de fato, se eles escolheram para homenagear a Sociedade de Alcoólicos Anônimos, em vez de qualquer um dos seus fundadores. Como eu disse esse conceito não era meu feliz em tudo. Ele realmente veio do fundador de sua ordem, São Francisco de Assis, cujo exemplo e espírito já fez tanto por mim e para A. A. "

O PRÊMIO AÇÃO VOLUNTÁRIA

Em reconhecimento da história de 48 anos de A. A. em proporcionar ao alcoólico que sofre com um caminho de volta para a sociedade e família, o Presidente Reagan presenteou A. A. com o Prêmio Ação Voluntária, em uma cerimônia na Casa Branca em 13 de abril de 1983. Os Prêmios Ação Voluntária foram criados em 1982 pelo Presidente e servem para realçar os indivíduos que tenham demonstrado realizações extraordinárias através da ação voluntária. Aceitando o prêmio de Alcoólicos Anônimos foi William E. Flynn, MD, em seguida, um administrador não alcoólico do Conselho de Serviços Gerais de A. A.. O prêmio em si, na forma de um medalhão de prata, é uma honra que todos nós compartilhamos em A. A. O Presidente fez as seguintes observações quando o prêmio foi apresentado: "Os Alcoólicos Anônimos, iniciada em 1935 por dois homens diagnosticados por médicos especialistas como alcoólatras incuráveis, é um programa único de exemplo, apoio e amizade pela recuperação de alcoólicos para novos membros. Desde a fundação do A. A., mais de 650.000 homens e mulheres que participaram ter superado seu alcoolismo.".

* Fonte: www.aa.org