Artigos - Re-vivendo

MATURAÇÃO PSICOLÓGICA (Fator determinante para a recuperação em A.A.)
 
Existem algumas características psicológicas que são freqüentemente identificadas na composição da
personalidade da maioria dos alcoólicos. Dentre elas destacamos a imaturidade psicológica. Ela se destaca por ser responsável por vários comporta- mentos estereotipados que dificultam ou até impossibilitam a prática do programa de recuperação de A.A. A imaturidade psicológica caracteriza um individuo que cresceu em estatura e avançou em idade cronológica, tornando se um homem ou uma mulher adulto, mas mantém sua psique infantilizada. Como toda ação praticada pelo ser humano é efetuada através do comando de um pensamento se o pensamento for infantil as atitudes manifestadas também são imaturas. As principais características de imaturidade psicológica são:
 
(1)-Atitudes extremamente egocêntricas, demonstrando total desconsideração pelo outro, O indivíduo imaturo psicologicamente considera ser ele próprio o centro do universo e só percebe o mundo em função dele. Acredita que tudo e todos giram em torno dele.

(2)-Intenso sentimento de onipotência que o leva a pensar ser ele o próprio Poder Superior. Nem cogita a
possibilidade de existir alguém ou alguma coisa melhor ou superior a ele. Através do egocentrismo esse individuo pensa ser o centro do universo e através do sentimento de onipotência acredita que o mundo só gira porque ele existe e o faz girar. No seu dia a dia essa característica se manifesta na sua dificuldade em acatar ordens. Reconhece as normas e as leis, muitas vezes as considera necessárias mas não as respeita por acreditar que elas não foram feitas para ele obedecer, só para os outros. Freqüentemente utiliza-se de uma forma de pensamento mágico que o faz crer que nada de ruim acontecerá a ele. As fatalidades existem somente para os outros. Sentindo-se imune a qualquer infortúnio, quando ocorrem problemas graves em sua vida sua reação é de simplesmente ignorá-los como se não fizessem parte da realidade.
   
(3)-Não é capaz de dividir nada com ninguém, nem mesmo seus sentimentos. Guarda os só para si sufocando suas emoções a tal ponto que acaba por perder o contato com as mesmas, tornando-se uma pessoa fria e indiferente.

(4)-Orgulhoso e prepotente, não tolera criticas mesmo que construtivas, pois acredita que está sempre com a razão. Quando alguma coisa não acontece como planejou a “culpa” é do outro que não agiu como deveria. Ele nunca está errado.

(5)-Como pensa que é um ser perfeito não consegue aceitar qualquer doença nele nem nos outros. Essa característica dificulta a aceitação de ser portador de uma doença incurável como o alcoolismo.

(6)-Sua intolerância e frustração o levam a alimentar sentimentos de ira e vingança contra todos aqueles que
acredita serem responsáveis pelo fracasso em sua vida.

(7)-Extremista, não consegue compreender nem aceitar qualquer meio termo. Para ele as coisas são tudo ou nada, branco ou preto, vida ou morte. 
 
Vivencia 126 Jul/Ago 2010