DP - Viver a maneira do A.A - Rv.120

Estamos em uma nova fase de nossas vidas submetendo-nos "viver à maneira de A.A." dia após dia.
       Mantemos a casa limpa e tentamos nos colocar afastados da ressaca emocional, fruto do acúmulo de emoções negativas.
       É um trabalho árduo que só é possível com paciência e perseverança através do auto-exame e admitirmos prontamente que estávamos errados ou que não fomos justos.
       O rancor, o medo, o ciúme, a insegurança financeira, a raiva e o ressentimento são venenos para nós alcoólicos.
       Convém analisarmos nossas variações de humor diário, ter o autodomínio; estarmos atentos para que  estas ressacas não nos peguem com tanta intensidade como na época da nossa ativa alcoólica.
       O  Programa de A.A. sugere estarmos prontos para o aperfeiçoamento espiritual através do 10º Passo fazendo o inventário relâmpago.
       Ao praticar este Passo tenho feito estas perguntas a mim mesma:
       > Lembrei-me de agradecer hoje a Deus pela minha sobriedade?
       > Agradeci pela minha família?
       > Desculpei-me com meu marido e filhos pelo tom de minha voz?
       > Disse que os amava?
       >Paguei as contas que venciam hoje?
       > Ajudei nos afazeres da casa na medida do possível?
       > Trabalhei com boa vontade?
       > Fui para os outros o que eu gostaria que eles fossem comigo?
       > Tratei meus companheiros do Grupo com amor e dedicação?
       > Tenho me esforçado a participar do trabalho da Quinta Tradição ou praticar o 12º Passo?
       >Hoje menti menos?
       > Hoje fiz menos fofocas?
       > Agradeci as bênçãos recebidas no dia de hoje?
       > Estou disposta a amanhã ser melhor do que hoje?
       No meu entender assim é viver à maneira de A.A.: crescer espiritualmente um dia de cada vez e manter o equilíbrio emocional em quaisquer circunstâncias.
       Ter sempre em mente: "Seja feita a Sua vontade e não a minha".

                                                                                                              Rachel

Vivência nº 120 - Julho/Agosto-2009