Viver Sóbrio__"Encontrar seu próprio caminho"

ENCONTRAR SEU PRÓPRIO CAMINHO

Esperamos que esta obra tenha deixado eminentemente claro que não consideramos a bebida um assunto frívolo. O alcoolismo merece e recebe e atenção muito séria de nossa parte. Não achamos graça nenhuma nas piadas feitas às custas de enfermos bebedores-problema, salvo aquelas que nós mesmos contamos a nosso respeito, do vantajoso ponto de vista da sobriedade. Não nos divertimos quando alguém caçoa ameaçando embebedar-se. É o mesmo que brincar de roleta russa.

A despeito de nossa atitude séria com relação ao alcoolismo, você verá que normalmente podemos falar com humor e neutralidade sobre nosso passado e nossa recuperação. Esta é uma atitude saudável, achamos. Com toda certeza, não enfraquece nossa resolução de ficar e continuar bem.

Muitos de nós já vimos a morte de perto. Conhecemos um sofrimento de quebrar os ossos. Mas também conhecemos nossa esperança que faz cantar o coração. E esperamos que esta obra lhe tenha trazido mais ânimo do que tristeza. Se você é bebedor-problema, já sabe bastante sobre a dor e a solidão. Gostaríamos que você encontrasse um pouco da paz e da alegria que encontramos ao enfrentar os altos e baixos da realidade da vida com a mente lúcida e o coração tranqüilo.

Sem dúvida, demos somente um mero início à tarefa de viver sóbrios. Continuamente, aprendemos novas idéias que podem ajudar.

Ficando sóbrio você certamente poderá pensar em outras idéias não registradas aqui. Também esperamos que você quando tiver idéias diferentes sobre este assunto, passe-as adiante. Por favor, compartilhe. (Você se recordará de que o simples repartir pode, por si mesmo, ser-lhe proveitoso). Quanto mais experiência comum oferecermos, mais bebedores-problema serão ajudados.

Alguns de nós voltam a beber algum tempo antes de ter os pés firmes na sobriedade. Se isso acontecer com você, não desespere. Muitos de nós passamos por isso e, finalmente, chegamos a uma sobriedade bem sucedida. Tente lembrar-se de que o alcoolismo é uma condição humana muito grave e que as recaídas são tão possíveis nesta enfermidade como em qualquer outra. A recuperação sempre será possível.

Mesmo após alguns insucessos, se continuar a querer ficar bom e persistir em novas tentativas, a experiência nos convence de que você embarcou, com centenas de milhares de companheiros, na rota para um destino feliz e saudável. Esperamos encontra-lo pessoalmente em nosso meio.

Mas, qualquer que seja a sua jornada, junto conosco ou sozinho, siga acompanhado de nossos mais calorosos votos de boa sorte.